Arquivo da tag: Cicloturismo

Para onde ir na Pascoa de 2016?

foz-do-iguacu

O feriado mais gostoso do ano é também a oportunidade de curtir uma viagem. E, para nós, viajantes compulsivos que, à primeira chance, já estamos fazendo as malas e pegando a estrada, é mais um feriado muito, muito esperado. Para viajar nos feriados almejados, não dá para marcar bobeira, se não corre o risco de não encontrar mais vaga e ficar a ver navios, no sentido figurado da expressão. Apresentamos para você com antecedência, dicas de destinos deslumbrantes, para que já garanta o destino.
Feriado de Páscoa em Foz do Iguaçu – PR
A cidade é um dos cartões-postais do Brasil. Está entre os lugares mais visitados do país e recebe turistas do mundo inteiro. Esse sucesso turístico se dá, principalmente, devido a uma das mais belas paisagens naturais do mundo: As Cataratas do Iguaçu. As grandes quedas de água encantam pela beleza e imponência da natureza e deixa qualquer visitante de boca aberta. Além disso, o Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as Cataratas, é um lugar repleto de outras belezas naturais, diversos animais e um cuidado extremo por parte de seus responsáveis.

Feriado de Páscoa em São Luís – MA
A capital maranhense é dotada de belezas singulares que propiciaram a cidade o título de Patrimônio da Humanidade, oferecido pela Unesco no ano de 1997. Esse título é justificado pela miscigenação cultural que encontramos ao visitar a cidade. Visitar São Luís é estar em contato com diversas culturas e formas diferentes de se ver e viver o mundo.
Além das belezas culturais, São Luís é banhada pelo oceano Atlântico, proporcionando lindas praias para todos os gostos: crianças, casais, famílias, surfistas… Vários hotéis na cidade estão em pontos estratégicos para os turistas aproveitarem todas as maravilhas da natureza.
Feriado de Páscoa em Caldas Novas – GO
Uma outra grande opção para se passar o feriado da Páscoa é Caldas Novas em Goiás. Para quem não conhece, a cidade é muito famosa pelas águas termais que brotam do chão em temperaturas que variam de 20° a 60°.Como o período da páscoa coincide com o outono, é possível chegar à cidade e encontrar temperaturas amenas, deixando o banho ainda mais gostoso! Para quem procura um contato maior com a natureza nesse feriado de Páscoa, indico a cidade de Caldas Novas como uma ótima opção para curtir o feriadão!

Roteiros de cicloturismo no Brasil!

 

Entre-Carro-Quebrado-e-Praia-do-Morro-AL

Da Chapada Diamantina, na Bahia, ao Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, confira os destinos brasileiros que valem uma pedalada

Não faltam opções de lugares no Brasil para quem quer viajar sob duas rodas. As muitas estradinhas de terra do país levam você a áreas inacessíveis de carro. Listamos aqui, algumas das melhores regiões para se aventurar de bike.
Bahia – Chapada Diamantina
De bicicleta, dá para conhecer os principais atrativos do Parque Nacional da Chapada Diamantina. A região é rica em cachoeiras, grutas, cavernas e vales. O ponto de partida é a cidade baiana de Lençois. A partir daí, são cerca de 273 km de trilhas, que podem ser percorridas de bike. Pelo caminho, ha opções de pousadas e hotéis para pernoitar. Os restaurantes oferecem uma saborosa comida caseira. A agência de turismo oferece um roteiro de nove dias por R$ 3.055.
Goias – Chapada dos Veadeiros
Conhecida por sua beleza natural, a Chapada dos Veadeiros é a região que abrange os municípios goianos de São João da Aliança, Alto Paraíso, Colinas do Sul e Cavalcante. A trilha tem 56 km de extensão, que pode ser feita aos poucos. Ha roteiro de cinco dias vendidos nas agências especializadas locais. Pelo caminho, você passa por cachoeiras e diferentes formações rochosas do Vale da Lua. A região é bem servida de hotéis e pousadas, e a comida tipica é imperdível. Evite ir no período das chuvas de verão, pois os rios transbordam facilmente.
Minas Gerais – O Caminho da Luz
Com 196 km de extensão, centenas de peregrinos realizam anualmente esta trilha que liga a cidade de Tombos até a base do Pico da Bandeira, ambos na serra mineira. Os motivos que impulsionam esses viajantes são diferentes: há os que buscam paz interior, outros se interessam pelas propriedades mistico-religiosas do lugar e tem aqueles que são atraídos pelas belezas naturais. O percurso todo de bike pode ser feito em quatro dias. Vale a pena reservar mais um dia para subir a pé até topo do Pico da Bandeira, que tem uma vista maravilhosa. Para quem quiser percorrer o trajeto, é preciso pagar R$ 75, referente à taxa ambiental, seguro-saúde e credencial.

São Paulo e Rio de Janeiro – Serra da Mantiqueira
Entre as muitas possibilidades de caminhos na Serra da Mantiqueira, uma bela opção é o percurso entre Campos do Jordão (SP) e Paraty(RJ). São 300 km feitos por estradinhas ou trilhas de terra que levam a vilarejos escondidos. No meio de tudo isso, há muitas cachoeiras e vegetação nativa da Mata Atlântica. A viagem dura em torno de cinco dias.

Santa Catarina – Circuito do Vale Europeu
Desenvolvido especialmente para o ciclo turista, o circuito passa por nove municípios, com início e fim em Timba, a 30 km de Blumenau. Em meio a Mata Atlântica, o trajeto foi pensado para fugir do asfalto, priorizando as estradinhas de terra. É uma região rica em cachoeiras e rios, no meio da Mata Atlântica. Conta com pontos de apoio, estrutura e sinalização ao longo dos 300km de percurso.

Circuito Costa Serra & Mar
Esse trajeto de 270km leva o ciclista a conhecer de bicicleta, algumas das mais belas praias catarinenses, passando ainda por vales e montanhas. Ao todo, são percorridos 11 municípios, sendo o início e fim em Balneário Camboriú. Este é um dos melhores trajetos para quem está se aventurando sob duas rodas, pois não há tantas subidas e as vias estão conservadas e sinalizadas. Além disso, a distância entre cada cidadezinha não é tão longa, possibilitando o viajante a parar quando estiver cansado. O percurso pode ser feito em seis dias, pedalando-se cerca de 50km por trecho.

São Paulo – Caminho da Fé
Inspirado no milenar Caminho de Santiago de Compostela (Espanha), é preciso muita fé e disposição para cumprir os 500km que separam águas de Prata do Santuário Nacional de Aparecida. A trilha foi criada para dar suporte aos peregrinos, que realizam o trajeto a pé, de bicicleta ou a cavalo. O percurso é bastante cansativo e requer resistência. São muitas subidas e descidas, entre asfalto e estrada de terra. O percurso completo pode ser feito em torno de 10 dias. Assim como no original espanhol, os viajantes que fizerem a credencial (R$5) ganham um certificado de participação e têm direito a descontos em hospedagens.

Rio Grande do Sul – Vale dos Vinhedos
Tradicional produtor de vinhos e sucos do Brasil, o Vale dos Vinhedos pode ser explorado de bike, unindo em uma viagem enoturismo e cicloturismo. A região compreende áreas dos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, onde estão localizadas as principais vinícolas brasileiras, como a Miolo e Casa Valduga. Entre uma pedalada e outra, pare para degustar uma taça e veja o processo de preparação da bebida. A viagem pode ser feita em torno de 10 dias.